Uma odontologia possível - Dr. Eduardo Tavares

A sensibilidade dentária está mais presente na clínica diária.

É verdade, cada vez há um número maior de pacientes com queixa de dor dentária por conta da sensibilidade dentária.
As principais causas da sensibilidade são:

1.> Dieta rica em alimentos e líquidos com pH ácido. Frutas, refrigerantes, isotônicos, bebidas alcoólicas, alguns alimentos com temperos ou condimentos ácidos. Não confundir algo doce ou mesmo no ponto certo do sal, não tendo um pH ácido;

2.> Higiene bucal inadequada. A placa bacteriana tem poder de causar erosão dentária justamente na área cervical do dente. Área esta que tem a menor espessura de esmalte na coroa do dente e está mais próxima do tecido dentinário que age como condutor dos estímulos externos para a polpa;

3.> Escovas duras e pastas de dentes abrasivas. Muito cuidado, as oportunidades são inúmeras hoje em dia, e mesmo com selos de garantia de entidades odontológicas, nem todas as escovas e pastas servem para todos os pacientes. Cabe ao seu dentista esta indicação e informação;

4.> Dentes quebrados e fissurados. Com certeza se você colocar seus dentes sobre uma forte fonte de luz perceberá linhas de trinta na face externa dos dentes. Com o tempo, o esmalte dentário vai sofrendo com o que comemos e bebemos. Estas fissuras podem em alguns casos aumentar a penetração de tudo aquilo que ingerimos e aumentar a chance de termos sensibilidade dentária.

5.> Bruxismo. Como no parágrafo anterior, o bruxismo também pode causar trincas e fissuras nos dentes. Pode até mesmo causar fratura do dente. A pressão do ato de ranger ou mesmo apertar os dentes desorganiza as fibras do ligamento periodontal, local onde o dente se sustenta em contato com o osso. Há também uma pressão maior sobre os túbulos dentinários que mantém nosso dente vivo, podendo causar dor por pressão interna sobre a polpa.

6.> Troca de restaurações e clareamentos dentários. A maioria dos materiais empregados na atualidade requerem cimentação adesiva. Há necessidade de empregarmos algumas substâncias necessárias para um correta colagem da resina ou da cerâmica que podem gerar sensibilidade temporária. Quanto aos agentes clareadores, os produtos estão cada vez mais voltados a segurança do controle da sensibilidade, mas se você já tem sensibilidade e pretende clarear os dentes, é necessário um tratamento coadjuntante ou preliminar ao uso de clareadores caseiros ou no próprio consultório.

Os sintomas da sensibilidade dentária são muito parecidos, bem como o plano de tratamentos. Cabe ao profissional padronizar uma conduta de tratamento atrelada aos agentes causadores da sensibilidade.

Bookmark and Share

Posts Relacionados

Autor: Edu Tavares
Dê uma nota para esse post:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas
    

Leave a Reply