A escovação noturna é mais eficiente para sua prevenção.

Existem evidências científicas demonstrando que quanto maior o número de escovações com creme dental fluoretado ao longo do dia, maior será o efeito anticárie. Entretanto, não há nenhum trabalho clínico avaliando o período em que a escovação é mais eficiente no combate à cárie. Agora, os pesquisadores do Laboratório de Bioquímica da Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP) da Unicamp têm a resposta: a escovação noturna é a mais importante. “A pesquisa mostrou que a escovação noturna deve ser priorizada e não negligenciada como ocorre em alguns países, uma vez que parece ser a mais efetiva. Isso não significa que as pessoas deveriam escovar os dentes apenas uma vez por dia e à noite. Pelo contrário, uma maior frequência de escovação com dentifrício fluoretado resulta em maior efeito preventivo”, alerta a professora Livia Maria Andaló Tenuta.

Segundo Livia, os dados sugerem que essa diferença se deve, provavelmente, a uma retenção mais prolongada do flúor, que acontece quando a pessoa escova os dentes à noite. Há que se considerar que no período noturno há uma diminuição da produção de saliva e o flúor tem o efeito de remineralizar as perdas que aconteceram ao longo do dia. “Parece que esse efeito é mais importante do que aquele causado pelo dentifrício fluoretado quando usado no período da manhã, antes dos desafios cariogênicos que ocorrem durante o dia”, acredita.

Fonte: Jornal da Unicamp.

Leia o artigo na íntegra: http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/agosto2011/ju502_pag8a.php# .

E não se esqueça: https://www.edutavares.com.br/2011/05/quando-devo-trocar-a-escova-de-dente/.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *